Comunicação: Abordagens Comunicacionais

De acordo com o Modelo da Eficácia da Comunicação (Gomes2019), a abordagem comunicacional positiva depende de uma crença otimista e de autodeterminação sobre o funcionamento humano (“Perfil ótimo de comunicação”). Esta abordagem recorre a comportamentos comunicacionais tendencialmente facilitadores da relação entre as partes, promovendo o alcance de objetivos potencialmente benéficos para os envolvidos no processo comunicacional.…

Compreensão da Adaptação Humana ao Stress: Exemplo em Contexto de Pandemia Parte 2

Na parte 1 desta série, explorámos o primeiro grande fator do Modelo Interativo de Adaptação ao Stress (Gomes, 2014), exemplificando-o com a pandemia CoVID-19. Mostrámos como a situação de stress (o aparecimento da pandemia) tem várias características que condicionam a nossa adaptação: novidade (primeira pandemia num século), imprevisibilidade (quando vai terminar?), complexidade (trabalho, família, saúde, etc.), ambiguidade (o que devo fazer?) e incerteza (como será o futuro?).…

Efeitos Fisiológicos do Stress

Uma situação stressante, seja ela ambiental, como um prazo de trabalho iminente, ou emocional, como o medo de perder emprego, pode desencadear várias alterações fisiológicas. Muitas das respostas ao stress, como o aumento da frequência cardíaca, o aumento da frequência respiratória ou o aumento da atividade cerebral, têm por objetivo ajudar as pessoas a ultrapassar uma situação percebida como perigosa.…

A Arte de Comunicar

O meu chefe é um comunicador….

1. Idealista. Ele procura levar-nos a refletir sobre as razões pelas quais é tão importante o nosso contributo para o trabalho a realizar. O meu chefe questiona frequentemente as nossas atitudes, crenças e valores sobre o nosso papel na equipa e o modo como cada um de nós pode, à sua maneira, contribuir para o sucesso da nossa missão.…

Modelo da Eficácia da Comunicação

O Modelo da Eficácia da Comunicação (Gomes2019) sugere que os processos comunicacionais se iniciam quando a pessoa avalia um evento de desequilíbrio como excedendo o seu nível ótimo de funcionamento, gerando tensão no funcionamento humano. As quebras no funcionamento ótimo levam a pessoa a adotar estratégias comunicacionais (esforços adaptativos) para lidar com as exigências do evento de desequilíbrio, visando restabelecer o seu equilíbrio. Assim, e de acordo com este modelo, a comunicação resulta das iniciativas, verbais ou não verbais, de cada uma das partes envolvidas no processo comunicacional, que visam restabelecer o nível ótimo de funcionamento.…

Compreensão da Adaptação Humana ao Stress: Exemplo em Contexto de Pandemia

Há cerca de 1 mês, a Escola Competências de Vida lançou um artigo sobre a compreensão da adaptação humana a situações de stress. Nesse artigo procurou-se apresentar o Modelo Interativo de Adaptação ao Stress (Gomes, 2014), que serve como enquadramento teórico para todas as nossas propostas de intervenção na área do stress.…

Como se Treinam as Competências de Vida? Como Sabemos se o Treino é Eficaz?

Na Escola Competências de Vida (ECV), baseamos os nossos programas de treino de competências de vida nas indicações científicas fornecidas pelo grupo de investigação Adaptação, Rendimento e Desenvolvimento Humano (ARDH-GI). É a partir de todo este extenso trabalho teórico que desenvolvemos e aplicamos os nossos programas de intervenção.…

Quais as Características de um Bom Plano de Ação?

Para um líder, ter boas ideias é fundamental, mas será suficiente?

Não! O Modelo da Eficácia da Liderança (Gomes, 2018) atribui a eficácia da liderança à congruência entre a ideia (a filosofia de liderança) e o plano de ação (a prática de liderança). Ou seja, para que uma boa ideia se concretize também é necessário um bom plano de ação.…

Eficácia da Liderança nas Empresas


Resultados financeiros e prestígio empresarial; bons salários e boas condições de trabalho, que fazem a diferença positiva na produtividade e no atingir os objectivos, não acontecem se não existirem boas lideranças, determinantes no sucesso das equipas e dos resultados finais.…

Como promover a liderança e a eficácia das equipas na saúde


Em todo o mundo, o contexto da saúde tem sido altamente exigente.  

A pandemia COVID-19 coloca diariamente novos desafios às equipas, chefias, organizações de saúde, cuidados de saúde primários e diferenciados, aos serviços de saúde pública, serviços de saúde ocupacional, à cultura e ambientes organizacionais. 

Os riscos psicossociais – stress ocupacional e burnout – estão mais presentes do que nunca e uma atenção especial para os processos de liderança constitui a roda motriz para a prevenção e promoção da saúde, quer dos profissionais, quer das populações que cuidam.…