Qual o papel dos pais no desporto juvenil?

Kobe Bryant, considerado por muitos um dos melhores jogadores de basquetebol de sempre, recorda um episódio quando, em criança, a sua equipa perdera um jogo e ele próprio ficara aquém dos seus objetivos:

“Lembro-me de chorar por causa disso e ficar chateado e o meu pai apenas me deu um abraço e disse:

‘Ouve, quer marques 0 ou 60 [pontos], eu amo-te, não importa o que acontecer.’”

Andre Agassi, antigo nº 1 do Mundo no ténis, recorda os treinos com o pai, aos 7 anos:

“O meu pai grita tudo duas, às vezes três, às vezes dez vezes.